PEDRO BUZZATTO

@pedrobuzzatto

Soltar-se e ir em busca da liberdade é fundamental, pois ser livre significa poder desfrutar dos prazeres da vida, das ideias e do corpo. Apesar disso, a liberdade precisa ser adequada à vida em sociedade. Porque?

O que fazer com essa tal liberdade?

Somos sufocados por nossos dias de loucura no cotidiano agitado e criamos uma prisão interna e externa, assim acabamos deixando de lado nossa liberdade, que é sinônimo de saúde e bem estar. Não podemos deixar tão importante sentimento de lado. Afinal, a liberdade está ligada à ideia do livre-arbítrio, que é o poder de decidir sobre o próprio destino. Hoje, a busca por ser livre é um caminho - talvez o melhor - para a felicidade.

 

Soltar-se e ir em busca da liberdade é fundamental, pois ser livre significa poder desfrutar dos prazeres da vida, das ideias e do corpo. Apesar disso, a liberdade precisa ser adequada à vida em sociedade. Por que? Bom, você pode exercer sua liberdade ATÉ o limite da liberdade do outro. Senão, acabamos por nos privar da liberdade que temos, já que os outros também irão se sentir no direito de ultrapassar os nossos limites.

A real e profunda liberdade não é algo que se conquista de imediato, é todo um trabalho que acontece de dentro para fora. É preciso se dedicar a conhecer a si mesmo. Quanto mais conscientes e maduros ficamos frente aos nossos conflitos da alma, mais livre seremos.

Temos que buscar estarmos bem informados sobre o que acontece no mundo. A informação rasa não nos deixa ver as milhões de possibilidades para a nossa vida e nos aprisiona num mundo pequeno.

Precisamos entender que não pode existir espaço para o individualismo, é necessário o outro para sermos nós mesmos. A liberdade não é singular, sua construção depende de ‘’muitos plurais’’.

Alguns querem ser livres, mas precisam lembrar que para lidar com a liberdade de forma saudável e segura é preciso ter coragem e dignidade. Sobretudo, entender a necessidade de responsabilidade das consequências.

É muito fácil confundir tudo e acabar errando gravemente – contra nos mesmos - quando não entendemos o poder do significado do que é ser livre. Afinal, quem desconhece seus interesses e onde quer chegar, acaba sempre percorrendo caminhos tortuosos quando se encontra – falsamente – livre.

Lembre-se que toda ação tem uma reação! Fazer o que quer sem pensar nas consequências não torna ninguém mais livre e nem garante a conquista da felicidade. Você pode até falar o que quer, escolher passar por cima dos sentimentos alheios e agir de uma maneira sem pensar em absolutamente nada e ninguém, MAS ATENÇÃO, dessa forma você estará se tornando um prisioneiro das suas emoção e ações descontroladas, insensíveis e desmedidas. E isso não é ser livre, é ser burro!


Pedro Buzzatto
@pedrobuzzatto