capas 

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Branca Ícone Spotify
  • Facebook - Círculo Branco

ELA FOTOGRAFADA POR ELE

ELA FOTOGRAFADA POR BRUNNO RANGEL

A DISTÂNCIA

Fragmentos da entrevista com Isabeli Fontana para nossa edição de aniversário.

Entrevista COMPLETA em formato bate papo está no nosso podcast >>>

 – ISABELI FONTANA

O que você tem feito para manter a saúde física, mental e espiritual?

Adoro falar sobre alimentação e bem estar que colocam a cabeça no lugar. Eu fiz um curso de nutrição integrativa. E uso várias ferramentas para ficar em paz, e que me levam sempre para o momento presente como yoga, meditação e é um privilégio aprender com esse momento da terra.

Se você fosse escrever um livro sobre a sua vida porque parte começaria?

Acho que começaria quando eu estava no meio do furacão, totalmente desorientada, trabalhando e trabalhando.

 

Ser mulher é ... poder ser vulnerável ao mesmo tempo.

Ser modelo é ... dar vida a um personagem inspirador.

Ser modelo brasileira é ... saber dançar conforme a música.  

Ser mãe é ... saber guiar com amor e carinho.

Ser feliz é ... viver no momento presente.

 

Situação mais bizarra que já passou como modelo ?

Foi quando fiz o calendário Pirelli em 2009 na África. O Peter Beard pegou uma barata que pegou no meio da mata e guardou pra fotografar em mim. Primeiro ele colocou  no meu rosto e eu pensei “Eu sou forte, eu consigo” mas quando ele mandou eu abrir os olhos e senti a patinha dela no meu rosto fiquei com nojo e comecei a chorar (risos).

 

Até que ponto você controlou sua vida até aqui?

Engraçado, eu meio que nunca controlei, nunca tive total controle. Eu fui a pessoa que mais viveu com coração aberto que conheço. De levar porrada de todo lado e seguir meu coração, do tipo eu vou por aqui não importa o que outro diga”. Eu sou firme, forte e estou aqui, sempre vivi muito a flor da pele. Mas hoje aprendi a dar uma filtrada e aprendi com o Di. Tento levar minha vida mais organizada pra ter controle.

 

Se o Di fosse uma música qual seria?

Ele seria todas ao mesmo tempo, por ser geminiano. Desde o amoroso, psicólogo ao maluco e doidão. Escolher uma música não tem como. Todas as que ele fez são ele.

 

Deus é ... o TODO.

Morte é ... só a morte do corpo material, eu que da passagem aqui é o espírito que conta.

Planeta terra é ... a coisa mais linda. E ele tá agora nessa vibração de mudança, depois desse vírus, dessa pandemia. Ele está em regeneração. Estamos nos preparando para a era da luz, acredito. Se estamos aqui é porque somos especiais e somos um ponto de luz no meio de tanta dificuldade.

 

Qual foi a maior lição que você aprendeu como modelo?

Aprendi a ser paciente. Coisa que eu não era. Tinha que ficar horas no banco esperando com o cabelo perfeito horas e horas por um click. E eu me perguntava será que era pra eu estar aqui mesmo?

+plus no podcast e no Youtube

acesse nossas redes. 

ELE FOTOGRAFADO POR ELA

ELE FOTOGRAFADA POR BRUNNO RANGEL

A DISTÂNCIA

Fragmentos da entrevista com o di ferrero para nossa edição de aniversário.

Entrevista COMPLETA em formato bate papo está no nosso podcast >>>

 – DI FERRERO

Se você fosse escrever um livro sobre a sua vida porque parte começaria?

Eu começaria pelos meus 8 anos de idade, quando eu cantava em igreja, na LBV (Legião da Boa Vontade) e foi no Rio no Maracanãzinho onde fiz um dos meus primeiros shows com uma banda que tinha o nome de “Mensageiros”. Me chamaram no palco e na hora que falaram meu nome, eu tive um embrulho no estômago e vomitei. Lembro que olhei pra minha mãe, esperando que ela falasse pra eu não ir. Mas ela me olhou com olhar de “O que você vai fazer agora?!”.

E fui!

Fiquei muito orgulhoso de mim. E começaria meu livro desse episódio.

 

Ser homem é ... hunnnn depois dessa quarentena é saber meu lugar na sociedade, meu papel em casa, não me prender a paradigmas e dogmas. Diferente de ser macho, saber expressar meus sentimentos sem me preocupar com os julgamentos. Meu lado masculino equilibrado com meu lado feminino.

Ser cantor é ... usar minha voz para mandar uma mensagem.  

Ser feliz é ... dividir.

Ser Brasileiro é ... ser luta e superação.

 

Você já teve um fracasso e cresceu com o que aprendeu com ele?

Uma coisa que eu aprendi, eu já perdi umas amizades por dinheiro e isso acaba sendo muito pequeno quando passa. Uma amizade é muito incrível quando ela é legal e uma amizade real ela perpetua.

 

Até que ponto você controlou sua vida até aqui?

As vezes eu acho que estou no controle, as vezes não tenho nada do controle. As vezes que acho, a vida te dá um sacode. Impossível controlar.

Tentar conduzir o máximo que der porque não tá no nosso controle. Olha só o que aconteceu agora. Não é religião, é mais profundo. A gente tá aqui pra se jogar e viver o agora.

 

Com quem você jantaria da história, vivo ou morto?

Jantaria  com Paul McCartne. Ele é vegano e eu faria um purê de banana e iria perguntar várias coisas pra ele.

 

Qual sua lembrança mais valiosa?

Meu pai, minha mãe e meu irmão me levavam pra andar de bicicleta.

 

Mensagem para as pessoas em casa passando a quarentena:

“Não se entregue, se doe pro mundo

Escute uma voz lá no fundo

Vai passar”

trecho de “Vai passar”

+plus no podcast e no Youtube

acesse nossas redes. 

© 2020 WOW - all rigths reserved - Rio de Janeiro